Inclusão digital para a melhor idade

idosos_arquivo

                                                                                                                                 Por Luana Borges

A inclusão digital dos idosos tem sido uma das temáticas que mais tem estado em voga na atualidade, tendo em vista, que a inclusão digital pode ser vista como um dos caminhos para a inclusão social. Pois uma pessoa integrada nesse universo digital, amplia sua possibilidade de interação, de acesso aos meios de comunicação, além de proporcionar um vasto acesso a construção do conhecimento.

Na sociedade contemporânea, foram incorporados as relações sociais, aquelas produzidas pelas redes de interconexões de pessoas entre si, mediadas pelas tecnologias da Comunicação. Portanto, se faz necessário proporcionar o desenvolvimento de capacitação em tecnologia digital para pessoas idosas, através de um modelo que respeite suas limitações.

As dificuldades para a aprendizagem, desse aparatos tecnológicos pelos idosos, podem ser superadas, se forem utilizados algumas dessas estratégias:

  • seguir etapas gradativas de aprendizagem;
  • auxílio na medida da necessidade;
  • seguir no próprio ritmo;
  • frequentes paradas;
  • boa iluminação;
  • caracteres e fontes grandes;
  • mais tempo para a execução das tarefas e repetição delas.

Ainda que tais ideias não sejam suficientes para facilitar a inclusão dos idosos, ao menos estas iniciativas abrem caminhos para ajudá-los a se inserirem nesse ambiente comunicacional, melhorando significativamente a qualidade de vida deles. No entanto é válido destacar, que esse processo não deve ser ter como objetivo recriar a identidade do idoso mas sim de propor novas perspectivas com o acesso à essas tecnologias.

REFERÊNCIA:

NASCIMENTO, Zozel do. A inclusão digital na terceira idade. 2007. Disponível em: <http://www.zemoleza.com.br/trabalho-academico/outras/diversos/a-inclusao-digital-da-terceira-idade/> Acesso em: junho de 2017.

4 comentários em “Inclusão digital para a melhor idade

  1. Sou voluntária no curso de inclusão digital numa fundação para cegos. Tem um senhor de 86 anos que está perdendo a visão e por iniciativa própria fui buscar aprendizado. Ele está super feliz por ter encontrado este curso e é crescente a sua evolução e satisfação por estar lá. Aprender não tem idade! Beijns

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s